Seu filho come mal? Saiba como incentivar as crianças a comerem bem
15 de maio de 2018
Descubra as delícias do chocolate vegano
12 de julho de 2018
Mostrar todos

Excesso de sal? Saiba como substituir o tempero nos alimentos

Na hora de temperar um alimento o sal é a opção mais utilizada pelas pessoas, mas também é a mais prejudicial à saúde. Por sofrer diversos processos de refinamento o tempero perde seu valor nutricional, necessitando ser complementado com aditivos químicos como o iodo por exemplo.

A OMS (Organização Mundial da Saúde) recomenda a ingestão diária de apenas cinco gramas de sal, porém, estima-se que o dobro seja consumido todos os dias. Comer mais sal do que o aconselhável pode resultar em problemas como hipertensão, infarto e pedras nos rins.

Mas como temperar os alimentos e ressaltar os sabores de forma saudável e sem cometer excessos com o sal? A resposta está nos temperos naturais.

Ervas aromáticas, especiarias e condimentos dão sabor aos pratos, à medida que substituem e reduzem o consumo do sal refinado. A grande diversidade desses ingredientes e a facilidade em encontrá-los possibilita sua utilização em diversos pratos diferentes.

Dentre os vários tipos de ervas, as mais tradicionais são orégano, louro, alecrim, hortelã, manjericão, coentro, salsinha e cebolinha. Já dentre as especiarias, cúrcuma, canela, curry, pimenta-do-reino e cravo-da-índia são bastante usufruídas na culinária. E condimentos como cebola e alho são opções já conhecidas para temperar pratos.

Agora se o uso do sal é indispensável, a dica é substituir pelo versão marinha do produto. Sem sofrer processos de refinamento e aditivos químicos, o sal marinho é mais saudável pois conserva todos seus minerais e nutrientes, além de conter menos sódio.

No Restaurante Dom Veggie você encontra um cardápio de pratos quentes, saladas orgânicas, sobremesas e pães preparados somente com ervas, especiarias e sal marinho. Localizado no bairro Seminário, em Curitiba, o Dom Veggie é a opção ideal para quem busca aliar refeições saborosas com saúde e qualidade de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *